logo_final.png

Rapidinhas da Câmara (Sessão 22/04)

Investimentos em educação e saúde

Os vereadores aprovaram a abertura de créditos suplementares para a aquisição de mobiliário voltado ao ensino fundamental e para a contratação de médicos plantonistas. O montante de R$ 148 mil será coberto por superávit financeiro (R$ 58mil) e anulação parcial ou total de dotação (R$ 90 mil). (Acesse a íntegra do projeto).


Deus Maravilhoso

O vereador Altair comemorou o transplante de rim do morador Antônio Correa dos Santos, que recebeu uma nova oportunidade cerca de dois meses após perder o prazo para realizar o procedimento por não encontrar transporte na Secretaria de Saúde. “Fiquei um pouco chateado com o ocorrido, mas hoje foi um dia muito feliz e vamos valorizar este Deus maravilhoso que fez esta obra na vida desta família”, exaltou. (Assista ao discurso do vereador)


Duodécimo

Como medida de contribuir com o enfrentamento da crise do novo coronavírus, o vereador Gabriel Muniz da Silva protocolou indicação direcionada à mesa diretora para que seja estudada a possibilidade de antecipar a devolução da sobra do Duodécimo, que é o repasse municipal destinado a cobrir as despesas do poder judiciário e que nos finais de cada exercício os recursos não utilizados retornam aos cofres do poder executivo. No ano passado foi devolvido o montante de R$ 191.931,08. (Conheça os valores devolvidos de 2009 a 2019)


Limpeza de terreno

O vereador também registrou indicação verbal para que a Prefeitura proceda a limpeza de terreno de uma casa localizada no Centro da cidade por causa da infestação de animais como escorpiões. “Uma moradora, que é vizinha me procurou, relatando a situação, pois seu marido possui problemas cardíacos e como percebo que a família não possui estrutura considero necessária a realização do serviço pela Prefeitura”, apontou. (Assista ao discurso do vereador).


Mais aglomerações nos sábados

O vereador Gabriel também solicitou à Prefeitura que reveja a decisão prevista em decreto municipal para o fechamento do comércio aos domingos. “Venho sendo questionado e percebo que a medida está sendo prejudicial, pois as pessoas estão antecipando as compras aos sábados e a meu ver estão ocorrendo mais aglomerações”, avaliou o vereador, que propõe a abertura do comércio aos domingos, mas com limitação de clientes no interior dos estabelecimentos.


Medidas de enfrentamento

Para a vereadora Danielle, as medidas implementadas no município para o enfrentamento do Covid-19 estão funcionando. “Não temos casos positivos, graças a Deus”, ressaltou. (Assista ao discurso da vereadora).


Doações

A vereadora enalteceu iniciativas de usinas da região como a Santa Fé, além do Instituto de Química da Unesp de Araraquara que doaram álcool à Prefeitura de Motuca. Também agradeceu a doação pelo Rotary Club de Araraquara de 40 máscaras protetoras para serem utilizadas pelos profissionais de saúde do município.


Carne da Maria Luiza

O vereador Legramandi revelou que soube da retirada de toda a carne do freezer da geladeira da escola Maria Luiza Malzoni Rocha Leite. “Poderia ser utilizado no kit”, considerou. (Assista a discussão sobre o assunto).


Tem provas?

A vereadora Danielle reagiu a afirmação de Legramandi, questionando se ele teria provas. “É só ir no almoxarifado ver”, respondeu o vereador. O presidente Alison disse que recebeu a mesma informação. “Não ia tocar no assunto, mas também chegou até mim... pessoas me ligaram”, revelou.


Quem é o responsável?

Após Danielle questionar quem levou a carne, Legramandi respondeu que a retirada, de acordo com ele, foi realizada pela secretária de educação, responsável do almoxarifado e pelo motorista do veículo. “E a diretora da escola?”, voltou a questionar Danielle, remetendo a esposa do vereador. “Está afastada, trabalhando em casa”, respondeu.


Salsichas e linguiças

Conforme noticiou o Cenário, o prefeito João Ricardo Fascineli revelou após a primeira Sessão deste mês em conversa com os vereadores que recentemente foram distribuídos uns quatro quilos de salsicha e linguiça que estavam para vencer aos funcionários dos departamentos. O procedimento, em si, não significa irregularidade, mas deve estar registrado em documento oficial. (Assista a conversa do prefeito com os vereadores na Sessão do dia 6 de abril)


Fiscalização

O vereador Betão citou episódio envolvendo uma integrante do Conselho de Alimentação Escolar (CAE), que não conseguiu fiscalizar o estoque de alimentos, conforme prevê legislação, mas foi orientada a fazer um protocolo e aguardar a autorização. Por avaliar que sua função fiscalizadora estava sendo prejudicada, a conselheira fez um Boletim de Ocorrência (BO) na Polícia Civil. (Assista a discussão sobre o assunto).


Máscaras.

Após comentar que buscou informações com sua mãe, que faz parte do CAE, ouviu que a entrada no local onde são armazenados os alimentos exige máscaras, por isso não foi autorizada de imediato a fiscalização. “Pode haver contaminação, então é necessário usar a máscara”, falou. "Mas pelo que sei o Conselho se reuniu e foram no almoxarifado e olharam tudo o que tinha lá ", complementou. (Assista a discussão sobre o assunto).


Sem proteção

Em vídeo postado pelo prefeito Ricardo gravado no local onde são armazenados os alimentos em que aparece a vereador Danielle, a Secretária de Educação Cristina Sanches, o secretário de Saúde Márcio Contarim e o responsável pelo almoxarifado todos estavam no local sem as máscaras. (Assista ao vídeo).


Grupo de risco

Os vereadores Irineu e Vera não participaram da Sessão. A ausência é recomendada em ato do legislativo aos parlamentares com mais de 60 anos, que fazem parte o grupo de risco do novo coronavírus. A Câmara também disponibiliza máscaras e álcool em gel e as Sessões são realizadas sem a presença de público para evitar aglomerações.

0 comentário
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

 CONTATO 

Cenário Social

Avenida Marcos Rogério dos Santos,nº 31, Centro,

Motuca-SP - CEP.: 14.835-000

e-mail: ocidadaonocontrole@gmail.com
Tel: 16-33481185