top of page

Morte ainda não foi registrada em painel do Estado, que mostra 12 diagnósticos desde o início do ano

Apesar do atestado médico informando a causa da morte de Walter Bonifácio, aos 89 anos na quarta (8) em decorrência da dengue, não há registros de óbitos de moradores de Motuca pela doença no Painel de Monitoramento do Estado de São Paulo. Desde o início do ano, o Departamento de Saúde do município lavrou 42 notificações – de pessoas que procuraram atendimento médico -, das quais 12 confirmaram o diagnóstico e 27 foram descartadas. Existem, ainda, dois casos suspeitos aguardando o resultado do exame.


Leia também:


Dos positivados, 11 apresentaram o quadro considerado leve e 1 com sinal de alarme, quando possui febre aliada a algum sintoma como: dor abdominal, vômito, sangramento de mucosas entre outros. A última notificação de caso positivo em Motuca é da 17ª semana epidemiológica (de 21 a 27 de abril).

As notificações de casos positivos são consideradas fundamentais para evitar a disseminação da doença, pois a partir daí são acionados protocolos do Ministério da Saúde para trabalho de bloqueio por agentes de controle de vetores em quarteirões ao redor da casa do infectado e busca ativa de criadouros, além de outras ações.

O Cenário Social encaminhou questionamentos à Secretaria Estadual de Saúde e ao Departamento Municipal de Saúde por meio das assessorias de imprensa sobre os motivos da morte não ter sido incluída ainda nos registros oficiais.


A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde encaminhou nota explicando que o município de origem do paciente é responsável por notificar o Estado sobre os óbitos causados em decorrência da dengue, assim que a investigação é concluída e determinada. O Estado, continua a nota, apenas recebe os dados pelo município e divulga por meio da plataforma digital.


Já a assessoria de imprensa de Motuca não respondeu aos questionamentos encaminhados pelo Cenário, publicados abaixo:


  • Qual o motivo da morte não ter sido incluída ainda? Existe um prazo ou, mesmo com a declaração do atestado, está em investigação?

  • Em caso de morte de pessoa em cidade diferente de onde mora, quem é o responsável por notificar o Departamento de Saúde do município de origem, o Hospital/Saúde da localidade onde ocorreu o óbito ou os familiares?

  • Caso possível, peço por gentiliza que confirme se esta é a primeira morte por dengue no município de Motuca desde que iniciaram os registros.

  • Existem pessoas que foram infectadas pela dengue na região da casa do morador  (Vila Malzoni, Centro e Jardim Marina 2) nas últimas semanas?


Assim que as respostas forem encaminhadas, as informações serão publicadas.

Comments


bottom of page