top of page

Gabriel sugere reformulação do regimento interno e rebate Danielle por dizer que está sendo prejudicada por ser mulher


O vereador iniciou seu discurso parabenizando a Prefeitura e os servidores pela organização da Festa Junina do último final de semana, destacando a importância de um evento tranquilo e sem incidentes para a cidade.

“E também a população que mais uma vez participou sem termos que presenciar brigas e desordem na festa”.

Gabriel reiterou seu pedido de para a realização de uma colônia de férias ou atividades para crianças durante o recesso escolar de julho. Ele destacou a importância de atender às necessidades das famílias e solicitou que o Departamento de Educação informe se haverá eventos voltados para as crianças nesse período.

“Depois que toquei no assunto aqui na última Sessão, vieram me perguntar se vai ter alguma coisa voltada para as crianças nesse período de recesso escolar”.

O vereador mencionou a preocupação da população com a manutenção e instalações dos parques infantis em praças da cidade cidade.

“Até que venha alguma resposta, vou reiterando aqui... já tenho formalizado tais pedidos”.

Gabriel propôs uma revisão no Regimento Interno da Câmara para garantir que os vereadores sejam informados com antecedência sobre requerimentos que os envolvam ou quando se referem a um vereador específico. Ele destacou a importância dos vereadores agirem com cautela com o objetivo de proteger a integridade de todos os vereadores e garantir um processo mais transparente e justo.

“São situações que expõem não somente o vereador, que é objeto do pedido, mas todos os vereadores que estão apreciando esse tipo de informação”.

Gabriel levantou questão de ordem após o discurso de Danielle para rebater a menção de que estaria sendo prejudicada na Câmara por ser mulher, destacando que sua preocupação está relacionada à forma formal e verbal de apresentação dos requerimentos, e não tem qualquer relação com questões de gênero. Ele enfatizou que a decisão de retirar o requerimento foi da presidente da Casa, Vera, que é uma mulher.

“Então, o meu posicionamento em relação aos requerimentos não tem nada a ver com masculino ou feminino".

Assista ao discurso do vereador:














Assista a íntegra da Sessão:


Comments


bottom of page