logo_final.png

O observador das cidades


Edward Hopper foi um pintor norte-americano que trabalhou principalmente em Nova York. Explorou com seriedade um mundo visual jamais abordado antes dele por qualquer outro artista – um mundo de vidro e concreto, de quarto de motéis, postos de gasolina, escritórios e bares vazios, criando a partir daí algumas das imagens mais tocantes da arte norte-americana do século XX.

Sua obra apresenta quase sempre figuras anônimas e caladas vivendo cenas comuns que expressam a solidão da vida numa grande cidade. Solidão essa que não é apenas compartilhada por suas figuras pintadas, mas também por seu espectador, causando um impacto psicológico ao se deparar com o vazio e o marasmo da vida urbana que pode ser facilmente observada ao seu redor. Sua obra é um espelho evidente do sentimento de solidão do homem contemporâneo.

Seu quadro mais famoso, Nighthawks, mostra esse sentimento de 'solidão compartilhada'. Num bar, pessoas anônimas atravessam a noite, estão próximas, mas não se falam, cada uma delas perdida em seu universo particular.

Ao construir essas cenas de uma realidade tão comum e familiar nas grandes cidades, Hopper nos convida a imaginar o resto da história, dando vida a suas figuras caladas e absortas em seus pensamentos.

Edward Hopper faleceu em 15 de maio de 1967, em Nova York, marcando de forma relevante toda a pintura do século XX e deixando para trás grande influência no mundo da arte e da cultura Pop.

Para conhecer mais obras do pintor, visite o site www.edwardhopper.com

Texto originalmente publicado na 22ª edição no Jornal Cenário.

Acesse todo o acervo do Jornal Cenário.


#cultura #anaroma

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

 CONTATO 

Cenário Social

Avenida Marcos Rogério dos Santos,nº 31, Centro,

Motuca-SP - CEP.: 14.835-000

e-mail: ocidadaonocontrole@gmail.com
Tel: 16-33481185