top of page

Projeto prevê retorno de departamentos e aumento de 20% no salário de secretários e 5% dos efetivos

Projeto encaminhado pelo Poder Executivo para ser votado hoje (6) na Câmara retorna a estrutura administrativa da Prefeitura para departamentos, extinguindo, assim, a divisão por Secretarias estabelecida em 2009 no primeiro mandato do prefeito João Ricardo Fascineli. Na época, a justificativa foi que a medida descentralizaria a gestão e facilitaria a captação de recursos. (Acesse a íntegra do projeto). A Sessão inicia às 20h e pode ser acompanhada online pelo endereço https://bit.ly/3IA81X4


O texto também prevê aumento nas referências salariais dos cargos comissionados e efetivos. Os atuais secretários, que passam a ser diretores com a aprovação do projeto, teriam aumento de 20%: de R$ 3.900,00 para R$ 4.690,00. Além disso, conquistariam direitos trabalhistas com o ticket alimentação, férias e 13º. Desde a criação da lei, em 2009, o valor do subsídio dos secretários não é alterado. Com relação aos cargos permanentes, de concurso, a majoração é de 5%.


Em live na manhã de hoje, o prefeito disse que os médicos plantonistas também serão beneficiados com 20% de aumento nos vencimentos. De acordo com ele, a iniciativa busca facilitar a contratação de médicos na cidade. Ele afirmou ainda que a iniciativa não representa reposição de inflação e, sim, ação para diminuir as perdas dos servidores com a crise do país.


O projeto também determina que 40% dos cargos em comissão sejam ocupados por servidores concursados designados e que todos tenham ao menos o ensino médio completo.


Projetos elevam para R$ 700 ticket alimentação aos servidores da Prefeitura e Câmara

Os vereadores também irão votar na Sessão de hoje (6) projetos do Poder Executivo e Legislativo que elevam de R$ 600 para R$ 700 o valor do ticket alimentação. O benefício passará a valer a partir de primeiro de janeiro de 2022.


Prefeitura solicita abertura de crédito para convênio com estado voltado a recuperação de vias urbanas

A Prefeitura encaminhou para apreciação na Câmara proposta para abertura de crédito especial de R$ 212.579,60 para viabilizar convênio com a Secretaria Regional do Estado de São Paulo voltado a recapeamentos de vias do município. O valor será coberto por repasse da pasta estadual. (Acesse a íntegra)

Comments


bottom of page