top of page

Previsão é de inverno com temperaturas médias mais quentes por Influência do fenômeno climático "La Niña"

Atualizado: 31 de mai.

Com a chegada do inverno de 2024 no dia 21 de junho, as previsões meteorológicas apontam para um cenário atípico: uma estação mais quente do que o habitual, tudo isso em razão à influência do fenômeno climático conhecido como La Niña, caracterizado pelo resfriamento das águas do Oceano Pacífico Equatorial.


A presença do La Niña tende a gerar um aumento na temperatura média durante o inverno, com destaque para o final da estação, entre agosto e a primeira quinzena de setembro, inclusive com a chegada de novas ondas de calor.


Isso não significa, porém, que não serão registradas temperaturas baixas. A previsão, de acordo com o meterelogista da ClimaTempo Vinicius Lucyrio, em entrevista ao Portal G1, é que neste ano teremos dias mais frios que o ano passado, mas os períodos com temperaturas mais altas serão mais longos


O La Niña também pode influenciar na distribuição das massas de ar pelo continente, favorecendo a chegada de massas de ar frio em algumas regiões, como o Sul do Brasil, enquanto outras áreas, como o Centro-Sul, podem experimentar temperaturas acima da média. Essa variação térmica tende a criar um ambiente climático mais instável e imprevisível, exigindo atenção redobrada por parte dos órgãos de monitoramento e da população em geral.

Comments


bottom of page