top of page

Vereadores aprovam adiamento de votação de peças orçamentárias e de abertura de crédito para obras


Requerimentos foram aprestados pelos vereadores Gabriel e Irineu

Os vereadores votaram pelo adiamento das votações das peças orçamentárias (LDO, LOA e alterações em anexos do PPA), bem como da abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 645.040,87 para cobrir custos com 10 obras, sendo nove reformas de instalações localizadas na Área de Lazer Leandro Ferreira de Araújo e a construção de guias e sarjetas no Loteamento Residencial “Minha Casa em Motuca”.


Acesse o projeto de abertura de crédito e conheça as obras:

Projeto_31_2020_abertura_crédito
.pdf
Fazer download de PDF • 2.86MB

O requerimento para adiamento das peças orçamentárias foi apresentado pelo vereador Gabriel Muniz da Silva com a justificativa de não haver previsão de dotações para a construção de nova estrutura de abastecimento de água potável na cidade, conforme prometida pela administração municipal. “O requerimento pede estudos para apresentações de emendas, adequações e reserva orçamentária maior diante da situação da água, em virtude da previsão de novos loteamentos”, argumentou Gabriel.


Já o adiamento da abertura de crédito adicional especial no valor de R$ 645.040,87 foi apresentado por Irineu Ferreira, que justificou a medida em razão da necessidade de esclarecimentos sobre valor de R$ 4.198,08 direcionado para a instalação de grama sintética em vestuários. “Gostaria de explicações sobre este investimento... tem isso em times como São Paulo, Palmeiras, Corinthians... aí tudo bem”, avaliou.


O vereador Altair Pereira da Cruz revelou que também pensou em preparar pedido de vistas, mas como Irineu já tinha apresentado reconsiderou. "Não sou contra o projeto, pois sempre fui favorável aos jovens e ao esporte, só que dinheiro público tem que ser gasto com responsabilidade", disse. Para ele, propostas de grandes investimentos devem ser esclarecidas. "Foram quatro anos e nenhuma reforma na Área de Lazer... aí chega para votação projeto com esse valor 30 dias antes do pleito", questionou. Altair citou investimento na Arena de Eventos, que possui problemas estruturais desde sua construção. "Agora vamos reformar uma obra que está condenada", apontou. Ele também revelou problemas na construção da Cancha de Bocha, pois não possui previsão de acesso. "A pessoa tem que pular pra entrar... foi erro nosso que não fiscalizamos e hoje o pessoal tira sarro de nossa cara".


O vereador José Roberto Legramandi também questionou o projeto para abertura de crédito, lembrando que já tem obra iniciada, a da construção de guias e sarjetas no Loteamento Residencial “Minha Casa em Motuca” mesmo antes da aprovação do texto. "Teve uma verba que conquistei de R$ 60 mil para o esporte e coloquei até um áudio aqui provando que deixaram perder o recurso, principalmente para ser aplicado no Assentamento, e agora vem dizer que tem preocupação com o esporte", destacou Betão, que considerou haver prioridades no município e citou exemplo de investimentos para sanar o problema de desabastecimento. "Foi feita uma ação paliativa e poderia usar o recurso para a aquisição de um reservatório, que resolveria o problema de água na cidade", pontuou.

Comments


bottom of page