top of page

Saiba o que Alison abordou em seu discurso na Câmara


Voto de pesar

O vereador expressou seus sentimentos à família do pastor Lázaro pela perda de sua filha Quevilly.

"Que Deus possa ser o conforto e o consolo necessários aos seus corações e, para nossa irmãzinha, que Deus conceda a ela o descanso e o repouso eternos"

Vergonhoso

O vereador destacou a necessidade de atenção ao Ginásio de Esportes. Descreveu o estado vergonhoso do local, com sujeira, vidros quebrados e estruturas precárias. Ressaltou a importância da administração zelar pelo patrimônio público e da população cobrar ações de manutenção do Executivo.

“É vergonhoso o local, a maneira que se encontra hoje. Sujo, com problemas de vidros quebrados.... pontões pendurados por arame. O negócio está feio... está um aspecto de abandono.

Outras Demandas

Além do ginásio, o vereador mencionou a situação de abandono do parquinho infantil próximo ao local. Citou a necessidade urgente de manutenção na lateral de rua do Jardim Bela Vista, pelo acúmulo de lixo e surgimento frequente de animais peçonhentos. Destacou a cobrança por melhorias em área institucional localizada no Jardim Bela Vista onde deveria ser construído uma praça. Ele disse que aguarda o encaminhamento de projeto de lei para a benfeitoria prometida pelo Poder Executivo.

“Então, população, o projeto de lei ainda não apareceu na Câmara, tá bom? Então, assim que aparecer, iremos apreciar e, se for interessante, claro, será aprovado por todos. Para uma melhoria significativa naquele local.”

Nivelamento de acostamentos

Alison também defendeu indicação protocolada junto com o colega Renato voltada ao trabalho de nivelamento dos acostamentos das vicinais pertencentes ao município. Ressaltou que já formulou solicitações semelhantes e expressou frustração com a falta de atendimento por parte do Poder Executivo, enfatizando que as demandas são da população.

“Temos indicação de 2000 e 2021. E lá vamos nós de novo, 2024, mais uma vez pedir a melhoria nessas benditas vicinais. Vamos esperar acontecer um acidente trágico com vítimas fatais para depois tomarmos previdência?”

Pressão psicológica e perseguição

O vereador também justificou a apresentação do requerimento para a comprovação pela Prefeitura da criação da Comissão de Combate ao Assédio Moral assinada junto com o vereador Renato. Ele afirmou que muitos servidores competentes pediram demissão em razão da pressão psicológica e perseguição no ambiente de trabalho da Prefeitura. Ele expressou indignação com a situação de servidores sendo privados de direitos básicos, como liberdade de expressão e locomoção, por conta do assédio moral.

“Então acho que passou da hora de deixarmos de lado algumas situações de medo, talvez por questão de perseguição, de represália, de falta de atendimento no serviço público. A gente tem que botar a cara mesmo para falar... a gente não pode ter medo”

Assista a íntegra do discurso de Alison



Comments


bottom of page