logo_final.png

Falta de água é um problema grave que deve ser solucionado, dizem vereadores


Sistema de abastecimento localizado na Área de Lazer Leandro Ferreira de Araújo.

Incitados por reclamações de moradores, vereadores de Motuca demonstraram a necessidade de solução urgente para o problema recorrente da falta de água, agravado no período seco e ocasionado, de acordo com eles, por falta de investimentos para suportar o constante aumento da demanda na cidade.


Para o vereador Altair Pereira da Cruz, a falta de água se arrasta desde a gestão do ex-prefeito Celso e a Prefeitura mentiu ao declarar que estava solucionada. “Este é um problema crônico e deve ser feito um projeto, pois não adianta empurrá-lo para debaixo do tapete”, considerou ele, que diz concordar com a irritação dos moradores. "É complicado chegar do trabalho e não ter água para tomar banho", salientou.


O vereador Gabriel Muniz revelou cobrança para solução urgente por parte da população. “A situação ficou mais crítica após a construção do novo loteamento e tende a se agravar com a vinda de outros”, apontou.


Já o vereador Irineu Ferreira considerou a necessidade da administração municipal e da Câmara acompanharem o desenvolvimento de novos loteamentos para evitar problemas futuros. “Sempre haverá novos loteamentos e a gente precisa participar ajudando ou interferindo nas construções”.


De acordo com o vereador José Roberto Legramandi, a Prefeitura erra ao procurar culpados para o problema e não buscar uma solução. “Quando um novo loteamento é construído ele passou por todas as exigências da Cetesb, então não adianta jogar a culpa em ninguém, pois quem deve resolver é quem está atualmente na gestão junto com os vereadores, por exemplo, buscando emendas parlamentares como já fiz”, explicitou.


As reclamações dos moradores, relatou o presidente Alison de Souza Mares Rodrigues, vem ser arrastando há mais de um mês sem uma resposta efetiva da Prefeitura para o problema. “Nós hoje somos os responsáveis e temos que cobrar o executivo para a elaboração de um plano. Já sugeri a instalação de uma bomba reserva pra ser acionada em caso de defeito na outra como fazem empresas particulares, mas não obtive resposta”, lamentou.


A vereadora Danielle Mércia Petrazzo Fascineli disse que o problema vem da gestão passada, que a atual solucionou, e que a falta de água decorre nos momentos de manutenção. “A gestão passada autorizou um bairro de 60 terrenos sem caixa d'água e não foi feito nada... ninguém abriu uma sindicância”, disse.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

 CONTATO 

Cenário Social

Avenida Marcos Rogério dos Santos,nº 31, Centro,

Motuca-SP - CEP.: 14.835-000

e-mail: ocidadaonocontrole@gmail.com
Tel: 16-33481185