top of page

Com queda na ocupação de leitos, governo reduz restrições no estado, que passa para a fase vermelha

O governo de São Paulo anunciou no início da tarde a transição da fase emergencial para a vermelha em todo o estado. Com a medida, foram flexibilizadas algumas restrições. Veja abaixo:


De acordo com o governo do estado, a transição de fase no Plano São Paulo vem de encontro com melhorias nos índices de ocupação de leitos nos hospitais. No período da fase emergencial, a média diária de internações caiu 17,7%.


A fase vermelha deve durar até o próximo dia 18, quando será realizada nova avaliação dos índices. O governo paulista acredita que a tendência de queda deve persistir.


O que muda:

  • Escolas poderão receber alunos presencialmente desde que autorizadas pelas prefeituras; rede estadual retoma dia 14 de abril ;

  • Competições esportivas profissionais, como o Campeonato Paulista de Futebol, que poderão ser realizados a partir deste sábado (10), sem torcida;

  • Serviços de retirada dos restaurantes e funcionamento de lojas de material de construção, embora já estivessem permitidos por meio de liminar judicial, agora passam a ser autorizados pela gestão estadual.

O que permanece:

  • Proibição de cultos religiosos presenciais;

  • Recomendação de teletrabalho;

  • Recomendação do escalonamento de horários alternados para os setores de serviços, do comércio e da indústria;

  • Toque de recolher das 20h às 5h.

Comments


bottom of page