top of page

Brasil recebe as primeiras doses da vacina contra a dengue em período de disseminação da doença

Atualizado: 26 de jan.

720 mil doses da vacina Qdenga, do laboratório Takeda, chegaram ao país neste domino (21). Ao todo, serão adquirias neste ano pelo Ministério da Saúde 5,2 milhões de doses, o que possibilitará imunizar 3 milhões de pessoas. De acordo com a pasta, a quantidade restrita se deve à incapacidade atual da fabricante em atender a demanda do país.


Inicialmente, o público-alvo serão crianças e adolescentes de 10 a 14 anos em razão dessa faixa etária concentrar o maior número de hospitalizações por dengue, depois de pessoas idosas, grupo para o qual a vacina não foi liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A previsão é que as primeiras doses sejam aplicadas no mês que vem.


“Boom de casos”

Nas duas primeiras semanas do ano, o número de casos foram mais duas vezes maior em comparação com o mesmo período de 2023. Foram 55.859 mil registros com seis mortes por complicações da doença. No mesmo período de 2023, haviam sido registrados 26.801 casos, com 17 mortes.


Recorde de mortes em 2023

Em 2023 o Brasil bateu recorde de mortes por dengue . Dados divulgados pelo Ministério da Saúde, por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan online), revelam que foram 1.079 mortes pela doença. Na série histórica divulgada pela pasta, também com base no Sinan, o maior número de óbitos no período de um ano completo ocorreu em 2022, quando chegou a 1.053 registros. Em seguida, vem o ano de 2015, com 986 mortes.



Comments


bottom of page