top of page

Araraquara deve anunciar novo lockdown e discutirá ações na região para frear contaminações


Medidas mais extremas de distanciamento social e restrições às atividades econômicas são consideradas necessárias. Foto: IstoÉ

Araraquara deve anunciar ainda hoje (17) medidas mais extremas de distanciamento social e restrições às atividades econômicas como proibição de locomoção em vias públicas e fechamentos de atividades econômicas após atingir seguidos níveis altos de registros da Covid-19 entre os moradores. O lockdown deve iniciar no início da semana que vem e durar ao menos por sete dias.


“Temos apenas dois caminhos, a vacinação e o distanciamento social e, infelizmente, hoje, Araraquara escolheu um remédio amargo para controlar a pandemia”, lamentou a secretária de saúde do município Eliana Honain em vídeo divulgado na manhã de hoje nas redes sociais, onde divulgou números que levaram as autoridades a decidirem pelo retorno do lockdown. As regras serão divulgadas até o final da tarde após reunião das autoridades de saúde com o prefeito Edinho Silva.


Foram realizados ontem (16) na cidade 856 exames e 202 retornaram positivos para a doença. Isso representa 23,59% dos testes. É o terceiro dia seguido que o indicador supera os 20% e, por isso, a medida extrema será adotada, como prevê decreto municipal que disciplina o desenvolvimento de ações para diminuir os contágios e desafogar o sistema de saúde. “Os leitos de UTI nos hospitais públicos e privados estão lotados com essa quantidade de pessoas positivas diariamente e o sistema de saúde não suporta”, esclareceu a secretária.

De acordo com ela, ainda hoje Araraquara irá convocar uma reunião com os prefeitos da região para discutir ações conjuntas de enfrentamento. “O problema não é só em Araraquara, mas na região também”, acentuou.

Comments


bottom of page