top of page

Após “alerta máximo”, Araraquara melhora índices e afasta retorno de lockdown momentaneamente


Regras para a instauração de lockdown são definidas a partir de parâmetros de infecções. Foto: ACidadeOnAraraquara

Autoridades de saúde de Araraquara emitiram ontem (10) “alerta máximo” pelo segundo dia na semana em razão do agravamento da pandemia, o que aventava para uma eminência do retorno de restrições mais rígidas voltadas a diminuir a circulação do novo coronavírus. Com a melhora nos índices de contaminações divulgada na manhã de hoje (11), porém, a possibilidade foi afastada momentaneamente.


As regras para a instauração das restrições são definidas a partir de parâmetros de infecções. Caso os índices de positivos em testes forem superior a 20% por três dias seguidos ou cinco na semana a medida deve ser instaurada, conforme determina decreto municipal. O segundo parâmetro é atingido quando o total de pessoas positivadas sintomáticas seja igual ou superior a 30% também por três dias seguidos, ou cinco dias alternados.


O retorno das atividades econômicas acontece apenas quando o índice de positivações ficar por 3 dias seguidos com taxa de positividade menor que 20% ou taxa de 15% ou menos nos testes gerais – nesse quesito entram sintomáticos e assintomáticos. Araraquara possui 23.282 casos de coronavírus registrados desde o início da pandemia, com 462 óbitos.


46% dos internados em Araraquara são de outras localidades


De 207 pessoas internadas ontem (10) em Hospitais de Araraquara, 97 são de outras localidades, o que representa 46% do total. Destes, 44 estão estavam em enfermaria e 53 em UTI. A cidade é referência regional no atendimento à doença e recebe pacientes tanto da cidades vizinhas como de outros estados. A taxa de ocupação estava em 68% de leitos de enfermaria e 87% de UTI.


Veja onde residem os moradores internados em Araraquara:

Américo Brasiliense (11), Angélica - Mato Grosso do Sul (1), Barra Bonita (4), Barretos (1), Batatais (1), Boa Esperança do Sul (4), Borborema (4), Capivari (2), Costa Rica - Mato Grosso do Sul (1) Descalvado (4), Dourado (2), Franca(1), Gavião Peixoto (8), Guaraci (1), Ibaté (3), Ibitinga (2), Itápolis (7), Leme (2), Limeira (1), Matão (1), Morro Agudo (1), Motuca (2), Piracicaba (2), Ribeirão Bonito (1), Rincão (5), Rio Claro (1), Santa Cruz das Palmeiras (1), Santa Lúcia (1), Santa Rita do Passa Quatro (1), São Carlos (14), São José do Rio Preto (1), Tabatinga (3), Tambaú (1) e Taquaritinga (2).



Leia também:




Comments


bottom of page